RMEG-FJP  Curso de Especialização em Segurança Pública (CESP/PMMG)  CESP/PMMG 2011  CESP/PMMG 2011 - Monografias 

Utilize o seguinte identificador para referenciar este item:
http://monografias.fjp.mg.gov.br/handle/123456789/1777

Título: O programa jovens construindo a cidadania como instrumento fomentador do protagonismo juvenil nas escolas do município de Manhuaçu
Autor: Reis, Luciano Correia dos
Orientador: Souza, Luiz Carlos Rhodes de
Membros da banca: Oliveira, Francisco de Assis
Fahel, Murilo Cássio Xavier
Instituição: Fundação João Pinheiro
Departamento: Escola de Governo Professor Paulo Neves de Carvalho
Programa: CESP/2011
Data: 7-Out-2011
Keywords: School violence
Bullying
Youth participation
Community police
Palavras-Chave: Violência escolar
Bullying
Protagonismo juvenil
Polícia comunitária
Resumo: O tema deste trabalho é a avaliação do programa Jovens Construindo a Cidadania, desenvolvido pela Polícia Militar em escolas da rede estadual de ensino da cidade de Manhuaçu/MG. O objetivo da análise foi verificar se o programa fomentou o protagonismo juvenil nas escolas, que o aplicou no período de 2009 e 2010, com vistas a cumprir os propósitos do programa, ou seja, prevenção à violência escolar, através da melhoria do ambiente escolar. Trata-se de uma pesquisa documental e bibliográfica, que teve como ênfase a abordagem de teorias sobre violência escolar, bullying e protagonismo juvenil, onde, por intermédio da técnica de documentação direta, foi realizada uma pesquisa de campo, através de observação direta extensiva, junto a quatro educandários da cidade de Manhuaçu, com aplicação de questionários aos discentes participantes dos grupos principais do programa e educadores escolares. Os dados coletados indicaram que ocorreram vários tipos de violências e incivilidades nas escolas, desde simples ofensas verbais, até uso e tráfico de drogas. A pesquisa de campo demonstrou que o programa Jovens Construindo a Cidadania contribuiu para a melhoria do ambiente escolar e dos relacionamentos interpessoais entre alunos e entre eles e os professores, com consequente diminuição da violência escolar, bem como contribuiu para a construção da cidadania dos estudantes e fomentou a participação na solução dos problemas escolares e comunitários.
Abstract: The theme of this work is the evaluation of the program Youth Citizenship Building, developed by the Military Police in schools of the state education of the city of Manhuaçu / MG. The purpose of the analysis was to determine whether the program fostered youth participation in schools, that applied during 2009 and 2010, in order to fulfill the purposes of the program, in other words, prevention of school violence by improving the school environment. This is an archival research and bibliographic, which had an emphasis on the approach of theories about school violence, bullying and youth participation, where, through the technique of direct documentation, was conducted field research, through extensive direct observation, with four school the city of Manhuaçu, with questionnaires to students participating in the program groups the main school and educators. The data collected indicated that various types of violence and incivilities occurred in schools, from simple verbal abuse, to use and trafficking of drugs. The results demonstrated that the Young Building Citizenship program contributed to improving the school environment and interpersonal relationships among students and between students and teachers, with consequent reduction of school violence as well as contributed to the construction of the citizenship of students and encouraged to participate in problem solving school and community.
Aparece na(s) coleção(ções):CESP/PMMG 2011 - Monografias

Arquivos deste item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
O programa jovens construindo a cidadania como instrumento fomentador do protagonismo juvenil nas escolas do município de Manhuaçu.pdf1,16 MBAdobe PDFVer/Abrir
Visualizar estatísticas

Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.