RMEG-FJP  Curso de Administração Pública (CSAP)  XVI CSAP  XVI CSAP - Monografias 

Utilize o seguinte identificador para referenciar este item:
http://monografias.fjp.mg.gov.br/handle/123456789/1950

Título: A demanda judicial de medicamentos e serviços de saúde: um desafio para a gestão pública
Autor: Madureira, Ramiro Júlio Soares
Orientador: Tadeu, Hugo Ferreira Braga
Membros da banca: Wanderley, Cláudio Burian
Instituição: Fundação João Pinheiro
Departamento: Escola de Governo Professor Paulo Neves de Carvalho
Programa: CSAP XVI/2009
Data: Jun-2009
Keywords: Administration
Legal
Management
Demand
Public services
The Unified Health System
Palavras-Chave: Administração
Judiciário
Demanda
Serviços públicos
Sistema Ùnico de Saúde
Resumo: Esta Monografia aborda as repercussões das crescentes decisões judiciais que obrigam ao poder executivo a conceder aos cidadãos medicamentos e/ou procedimentos de saúde não contemplados nas políticas e normas do Sistema Único de Saúde (SUS) do Brasil. Enfoca especialmente os impactos destas demandas judiciais nos aspectos correlacionados com a eficiência e eficácia do SUS no cumprimento dos seus objetivos. Propõe-se, neste trabalho, o emprego de um modelo teórico de projeções que ensejará melhorias no processo de planejamento e controle dessas demandas judiciais e atenuará, em curto prazo, os problemas decorrentes identificados. Sugere-se também a adoção do modelo de gestão, implantado no Estado de Minas Gerais, que tem como instrumental básico o contrato de gestão, conhecido como “Acordo de Resultados”. Este modelo, se implantado adequadamente pelo SUS, será de grande valia para equacionar problemas identificados como restritivos ao desenvolvimento institucional e ao cumprimento da missão social do SUS, especialmente no que se refere ao planejamento, controle e tomada de medidas corretivas e estratégicas para atenuar os impactos do fenômeno conhecido como a “Judicializacao” das políticas publicas de saúde
Abstract: This monograph addresses the impact of increasing judicial decisions requiring the executive to allow citizens to drugs and / or procedures not covered by health policies and standards of the Unified Health System (SUS) in Brazil. Especially focuses on the impacts of these demands in the legal aspects related to efficiency and effectiveness of the SUS in achieving its goals. It is proposed in this work, the employment of a theoretical model projections of opportunity that improvements in the planning and control of legal demands and, in the short term, the problems arising identified. It also suggests the adoption of the management model, implemented in the State of Minas Gerais, which has the basic tools for managing the contract, known as "the Results". This model, if implemented properly by SUS, will be of great value to solve problems as restrictive to the institutional development and the achievement of social mission of the SUS, especially with regard to planning, control and take corrective measures and strategies to mitigate the impacts of the phenomenon known as "judicial" of public health policies
Aparece na(s) coleção(ções):XVI CSAP - Monografias

Arquivos deste item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
A demanda judicial de medicamentos e serviços de saúde.pdf770,09 kBAdobe PDFVer/Abrir
Visualizar estatísticas

Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.