RMEG-FJP  Curso de Administração Pública (CSAP)  XXIX CSAP  XXIX CSAP - Monografias 

Utilize o seguinte identificador para referenciar este item:
http://monografias.fjp.mg.gov.br/handle/123456789/2098

Título: Comunicação e Gestão nas Organizações Públicas: uma análise da articulação estatal para a formulação e implementação de políticas públicas - o caso do PIP, do SIMAVE e da Magistra
Autor: Fonseca, Renata Kelly Alves
Orientador: Saraiva, Ágnez de Lélis
Membros da banca: Pereira, Danielle Ramos de Miranda
Amorim, Marina Alves
Instituição: Fundação João Pinheiro
Departamento: Escola de Governo Paulo Neves de Carvalho
Programa: XXIX CSAP/2015
Data: 26-Nov-2015
Keywords: Public management
Public policy
Network management
Communication
Organizational communication
Culture
Organizational culture
Social network analysis
Palavras-Chave: Gestão pública
Políticas públicas
Gestão em rede
Comunicação
Comunicação organizacional
Cultura
Cultura organizacional
Análise de redes sociais
Resumo: As mudanças econômicas e as revoluções tecnológicas, bem como as dificuldades da administração pública para atender às demandas do Estado de Bem Estar Social, levaram a maioria dos Estados que pautava a sua estrutura no modelo burocrático a buscar novas formas de gestão e de produção de políticas públicas. Em virtude disso, reformas administrativas foram empreendidas, e, na busca pelas respostas aos problemas da gestão governamental, evidencia-se no cenário contemporâneo não apenas um, mas diferentes modelos de gestão pública. Um deles é a gestão em rede, que se diferencia dos modelos de gestão baseados em hierarquias, pelo papel diferenciado assumido pelo gestor, que deve mediar as interações ao invés de comandar o trabalho e, também, pela predominância de valores orientados para a articulação entre as áreas e suas equipes, em busca do alcance de objetivos comuns. Porém, para a efetividade da adoção desse modelo de gestão, faz-se necessária a internalização desse novo modus operandi pela estrutura governamental, implicando na sua adaptação em âmbito interno, integrando as áreas de suas secretarias e orientando os saberes e práticas para uma atuação coesa e interdependente. Nesse contexto, a comunicação organizacional assume papel estratégico, uma vez que trabalha com a discursividade dos sujeitos na organização e, por consequência, com a formação do corpo de valores, crenças e atitudes aceitas pelo grupo, ou seja, sua cultura. Esse trabalho se propõe, com base na revisão bibliográfica, na pesquisa documental e nas entrevistas aos membros de três programas da SEE/MG – PIP, SIMAVE e Magistra, verificar qual é o papel da cultura organizacional para a adoção de estruturas de trabalho em rede na administração pública estadual de Minas Gerais.
Abstract: The economics changes and technological revolutions, besides difficulties of public administration to answer demands of Welfare State, led the most of States that based their structure on bureaucratic model to search new forms to manage and produce public policy. As a result, administrative reforms undertaken so and, in the search for answers to problems of government management, it is evident in the contemporary scenario not just one, but different models of public administration. One is network management, which differs from based management models into hierarchies, the distinguished role played by the manager, who should mediate interactions rather than control the work, and the predominance of values aimed to articulate areas and their teams in search of reach common goals. But to the effectiveness of the adoption of this management model, it is necessary to internalize this new modus operandi for the governmental structure , resulting in adapting at the domestic level , integrating the areas of their departments and guiding knowledge and practices for a cohesive performance and interdependent. In this context, organizational communication is strategic role, since it works with the discourse of the subjects in the organization and, consequently, with the formation of the body of values, beliefs and attitudes accepted by the group, i.e. their culture. This work proposes, based on literature review, desk research and interviews to members of three programs of SEE / MG – PIP, SIMAVE e Magistra, find what is the role of organizational culture to adopt networking structures in the Minas Gerais state government.
Aparece na(s) coleção(ções):XXIX CSAP - Monografias

Arquivos deste item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
Comunicação e Gestão nas Organizações Públicas1,37 MBAdobe PDFVer/Abrir
Visualizar estatísticas

Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.