RMEG-FJP  Curso de Administração Pública (CSAP)  XXXIII CSAP  XXXIII CSAP - Monografias 

Utilize o seguinte identificador para referenciar este item:
http://monografias.fjp.mg.gov.br/handle/123456789/2370

Título: Qualidade de vida no trabalho (QVT): um diagnóstico na Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão de Minas Gerais (Seplag – MG).
Autor: Lopes, Fernanda Andresa Portilho de Magalhães
Orientador: Nicácio, Cláudia Beatriz M. de Monteiro de Lima
Membros da banca: Maia, Denise Helena Franca Marques
Sousa, Rosânia Rodrigues de
Nível: Graduação
Instituição: Fundação João Pinheiro
Departamento: Escola de Governo Professor Paulo Neves de Carvalho
Programa: CSAP XXXIII 2017
Data: 27-Nov-2017
Keywords: Quality of Working Life (QWL)
State Secretary of Planning and Management of the State of Minas Gerais
Human Resources in the Public Sector
Palavras-Chave: Qualidade de Vida no Trabalho (QVT)
Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão de Minas Gerais
Recursos Humanos no Setor Público
Resumo: Os objetivos dessa pesquisa são realizar quadro diagnóstico de Qualidade Vida no Trabalho (QVT) na Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão do Estado de Minas Gerais (SEPLAG – MG) e compará-lo com os resultados da pesquisa de QVT de Tito realizada em 1999 na Secretaria de Estado de Recursos Humanos e Administração de Minas Gerais (SERHA – MG). Para o desenvolvimento do estudo foi enviado um questionário survey online, baseado no modelo Hackman & Oldham (1975) do Job Diagnostic Survey adaptado por Tito (1999), para as Subsecretarias que abrangem atualmente as competências que existiam na SERHA e foram incorporadas à SEPLAG, quando da sua criação em 2002. Eram necessárias 135 respostas, de acordo com o universo amostral de 706 servidores, sendo obtidas 175. Para o cumprimento dos objetivos, foi realizada retomada histórica da evolução da estrutura organizacional da SEPLAG, demonstrando a correspondência entre a atual estrutura e as unidades administrativas da SERHA. Analisaram-se as respostas a partir de estatística descritiva, calculando-se a média e o desvio padrão das notas dadas e estabelecendo-se critérios de avaliação com quatro níveis diferentes de QVT, a saber: nível insatisfatório, normal, satisfatório e muito satisfatório. Ademais, à luz do referencial teórico sobre qualidade de vida no trabalho, relacionou-se os resultados às perspectivas da organização, que busca produtividade e do empregado, que busca felicidade. E em relação à QVT na SEPLAG, têm-se que demandam atenção as variáveis de Motivação Interna para o Trabalho e Satisfação Geral, com destaque para a variável Satisfação com Segurança, nos quais os escores apresentaram modificação negativa, encontrando-se em níveis insatisfatórios de QVT. Já a variável Satisfação com o Ambiente Social apresentou evolução do nível normal para o satisfatório. A pesquisa permitiu compreender, portanto, de forma geral, a percepção dos indivíduos em relação a determinados aspectos que compõem o trabalho e são determinantes para o alcance da Qualidade de Vida no Trabalho pelos servidores. As recomendações realizadas foram: que sejam feitos diagnósticos periódicos com relação à qualidade de vida dos servidores; realização de trabalhos buscando elucidar os padrões de desempenho existentes na SEPLAG para que exista a possibilidade de mensurar a Qualidade de Vida antes e depois da implementação de programa de QVT; estruturar programas e implementá-los de forma efetiva para melhorar a qualidade de vida do trabalhador, buscando inovação em práticas de desenvolvimento humano.
Abstract: The objectives of this research are to measure the Quality of Working Life (QWL) at the State Secretary of Planning and Management of the State of Minas Gerais (SEPLAG - MG) and to compare it with the results of Tito's QWL survey conducted in 1999 at the State Secretary of Human Resources and Administration of Minas Gerais (SERHA - MG). For the development of the study, an online survey questionnaire based on the Hackman & Oldham (1975) model of the Job Diagnostic Survey adapted by Tito (1999) was sent to the Undersecretaries that currently cover the competences that existed in SERHA and were incorporated into SEPLAG, when it was created in 2002. A total of 135 responses were required, according to the sample universe of 706 servers, of which 175 responses were obtained. In order to achieve the objectives, a historical resumption of the evolution of the organizational structure of SEPLAG was carried out, demonstrating the correspondence between the current structure and administrative units of SERHA. The answers were analyzed from descriptive statistics mean and standard deviation of the given scores that were calculated and evaluated by four different criterial levels of QWL, namely: unsatisfactory, normal, satisfactory and very satisfactory level. In addition, the results were related to the perspectives of the organization, which seeks productivity and the employee, who seeks happiness. In addition, in relation to QWL in SEPLAG, the variables of Internal Motivation for Work and General Satisfaction have to be taken into account, with emphasis on the Satisfaction with Safety variable, which scores presented a negative change, being at unsatisfactory levels. On the other hand, the variable Satisfaction with the Social Environment presented evolution from the normal to the satisfactory level. Therefore, the research allowed understanding, in general, the perception of the individuals in relation to certain aspects that compose the work and are determinants for the reach of the Quality Working Life at SEPLAG. The recommendations were: to make periodic diagnoses regarding the quality of life of the employees; carrying out works seeking to elucidate the performance standards in SEPLAG so that there is the possibility to measure the Quality Working Life before and after the implementation of QWL program and also structure programs and implement them effectively to improve the worker's quality of life, seeking innovation in human development practices.
Aparece na(s) coleção(ções):XXXIII CSAP - Monografias

Arquivos deste item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
Qualidade de vida no trabalho (QVT) _ um diagnóstico na Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão de Minas Gerais (Seplag – MG).pdf1,89 MBAdobe PDFVer/Abrir
Visualizar estatísticas

Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.