RMEG-FJP  Curso de Administração Pública (CSAP)  [35] XXXV CSAP  [35] XXXV CSAP - Monografias 

Utilize o seguinte identificador para referenciar este item:
http://monografias.fjp.mg.gov.br/handle/123456789/2530

Título: Capital social e participação política no Brasil: desafios de uma democracia em formação
Autor: Gontijo, Lorena Fernandes
Orientador: Costa, Bruno Lazzarotti Diniz
Membros da banca: Machado, Bernardo Novais da Mata
Riani, Juliana de Lucena Ruas
Nível: Graduação
Instituição: Fundação João Pinheiro
Departamento: Escola de Governo Professor Paulo Neves de Carvalho
Programa: CSAP XXXV 2018
Data: 5-Dez-2018
Keywords: Social capital
Political participation
Democracy
Brazilian society
Social class
Age group
Schooling
Palavras-Chave: Capital social
Participação política
Democracia
Formação brasileira
Classe social
Faixa etária
Escolaridade
Resumo: A participação cívica dos cidadãos, seja em suas comunidades, seja frente ao Estado, desperta discussões acerca dos fatores que possam potencializar ou esgotar essa postura. O capital social tem se apresentado como um importante aspecto nesse cálculo, uma vez que cidadãos mais mobilizados com suas redes e com perspectivas de atuação a partir da cooperação coletiva podem ser capazes de criar sociedades mais democráticas e justas. O presente trabalho busca compreender as relações entre o capital social e a participação política no Brasil, tendo em vista as diferentes características socioeconômicas dos cidadãos e, além disso, os fatores que influenciaram a formação social do país. Foi realizada análise teórica e histórica dos autores relacionados ao tema, além da exploração de dados da sexta onda do World Values Survey para o Brasil. Foram escolhidos indicadores para abordar as formas bonding, bridging e linking de capital social, tendo como objetivo a observação do comportamento dos brasileiros em suas relações na esfera doméstica, local e institucional. Também foi foco da análise o recorte a partir de três características socioeconômicas, sendo elas a classe social, a faixa etária e o nível de escolaridade. Foi observado que, de fato, existem diferenças de participação e mobilização de redes a partir dos fatores socioeconômicos. Também pode-se dizer que os aspectos de formação social do país impactam de certa forma como o braisileiro lida com a esfera doméstica em comparação com a participação política institucional. Foi possível identificar um retrato da participação e do capital social na sociedade brasileira, ficando questionamentos para futuros estudos acerca das possíveis atuações do Estado no desenvolvimento dos cidadãos nessas esferas.
Abstract: The civic participation of the citizens, whether in their communities or in front of the State, arouses discussions about the factors that can enhance or exhaust this position. Social capital has been presented as an important aspect in this calculation, since citizens more mobilized with their networks and with perspectives of action from collective cooperation may be able to create more democratic and fair societies. The present work seeks to understand the relations between social capital and political participation in Brazil, considering the different socioeconomic characteristics of the citizens and, in addition, the factors that influenced the social formation of the country. A theoretical and historical analysis of the authors related to the theme was carried out, as well as the data exploration of the sixth wave of the World Values Survey for Brazil. Indicators were chosen to deal with the bonding, bridging and linking forms of social capital, with the objective of observing the behavior of Brazilians in their relations in the domestic, local and institutional spheres. It was also the focus of the analysis the cut from three socioeconomic characteristics, being they the social class, the age group and the educational level. It was observed that, in fact, there are differences of participation and mobilization of networks from the socioeconomic factors. It can also be said that the aspects of social formation in the country impact to a certain extent how Brazilian deals with the domestic sphere in comparison with the institutional political participation. It was possible to identify a picture of participation and social capital in Brazilian society, being questioned for future studies about the possible actions of the State in the development of citizens in these spheres.
Aparece na(s) coleção(ções):[35] XXXV CSAP - Monografias

Arquivos deste item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
Capital social e participação política no Brasil desafios de uma democracia em formação.pdf1,17 MBAdobe PDFVer/Abrir
Visualizar estatísticas

Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.