RMEG-FJP  Curso de Administração Pública (CSAP)  XXXVIII CSAP  XXXVIII CSAP 

Utilize o seguinte identificador para referenciar este item:
http://monografias.fjp.mg.gov.br/handle/123456789/2692

Título: Participação social no contexto pós-desastre tecnológico : um estudo das formas de ação coletiva e organização da sociedade civil em Brumadinho-MG
Autor: Carvalhais, Amanda Salvador
Orientador: Brasil, Flávia de Paula Duque
Data: 2020
Palavras-Chave: Desastre tecnológico
Pós-desastre
Mineração
Participação social
Brumadinho
Associações
Movimentos sociais
Resumo: No dia 25 de janeiro de 2019 rompeu a barragem de rejeitos de mineração do Córrego do Feijão em Brumadinho, Minas Gerais. O desastre tecnológico envolve a empresa mineradora Vale e resultou em 272 mortes, além de causar inúmeros danos ambientais, sociais e econômicos. Diante dos danos, as comunidades atingidas começaram a se organizar em movimentos sociais, associações e outros modelos de organização associativa, em busca de lutar pelos seus direitos e suprir as necessidades urgentes das vítimas mais vulneráveis. Nesse contexto de pósdesastre, a participação social se destaca, no âmbito institucional e não institucional, devido seus papeis e sua relevância. Com isso, o presente trabalho propõe-se a investigar os atores coletivos atuantes no contexto de pós-rompimento em Brumadinho, identificando suas formas organizativas, seus repertórios de ação e de interação entre eles, o Estado e a Vale. Somado a isso, é feita uma revisão das perspectivas teóricas acerca do conceito de participação social, uma revisão conceitual relativa aos desastres tecnológicos, uma breve analise dos desdobramentos da atividade mineradora no país e a contextualização do território no pós-rompimento. Esta monografia se configura como uma pesquisa de campo qualitativa que utiliza, principalmente, revisões bibliográficas e entrevista para obtenção de dados.
Abstract: On January 25th, 2019 collapsed the mining tailings dam of Córrego do Feijão in Brumadinho, Minas Gerais. The technological disaster involves the mining company Vale and resulted in 272 deaths. Besides that, the disaster caused social, environmental and economic damages. That said, affected communities began to organize themselves into social movements, associations and another associative organization models, in search of fighting for their rights and to satisfy the urgent needs of most vulnerable victims. In this post-disaster, the social participation stands up, within the institutional and non-institutional scopes, due to their roles and relevance. Thereby, this research aims to investigate the active collective actors in the context of post-disaster in Brumadinho, identifying your organizational models, your action repertoire and your interaction with the State and Vale. Moreover, there is a review of the theoretical perspectives on the concept of social participation, a conceptual review of technological disasters, a brief analysis of the consequences of mining activity in the country and the contextualization of the territory in the post-disaster. This monograph is configured as a qualitative field research that mainly uses bibliographic reviews and interviews to obtain data.
Notas: Monografia apresentada ao Curso de Graduação em Administração Pública da Escola de Governo Professor Paulo Neves de Carvalho da Fundação João Pinheiro, como requisito parcial para obtenção do título de Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental.
Publicado apenas online
Orientador: Flávia de Paula Duque Brasil
Bibliografia : p. 105-115
Extensão: application/pdf
Software requerido: Exigências do sistema: Acrobat Adobe Reader
Aparece na(s) coleção(ções):XXXVIII CSAP

Arquivos deste item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
Amanda Salvador Carvalhais.pdf2,52 MBAdobe PDFVer/Abrir
Visualizar estatísticas

Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.