RMEG-FJP  Curso de Administração Pública (CSAP)  [39] XXXIX CSAP  [39] XXXIX CSAP 

Utilize o seguinte identificador para referenciar este item:
http://monografias.fjp.mg.gov.br/handle/123456789/2777

Título: As interações entre as produções científica e tecnológica de Minas Gerais e o investimento do governo do estado em CT&I no período de 2010-2019
Autor: Rezende, Ana Clara Mendes
Orientador: Santos, Ester Carneiro do Couto
Membros da banca: Moraes, Leonardo Barbosa de
Câmara, Mauro Araújo
Data: 2021
Keywords: Science and technology
Scientific production
Technological production
S&T indicators
Public investment in STI
Innovation systems
Palavras-Chave: Ciência e Tecnologia
Investimento público
Produção científica
Inovação tecnológica
Minas Gerais
Resumo: Os sistemas de inovação (SIs) possuem um papel chave para o desenvolvimento econômico dos países menos desenvolvidos e os indicadores de produção de ciência e de tecnologia têm sido utilizados para mensurar o grau de sofisticação e maturidade desses sistemas. O presente trabalho possui um duplo objetivo: analisar comparativamente as trajetórias das produções científicas e tecnológicas de Minas Gerais, das outras unidades da federação brasileiras e do Brasil, bem como contrastá-las com as dos países desenvolvidos, representados pelas estatísticas estadunidenses; e avaliar a postura do governo do estado de Minas Gerais, nos últimos anos, em relação ao SI mineiro, sob a ótica do investimento público total em CT&I e em projetos de pesquisa. Os resultados mostram que os sistemas estaduais de inovação brasileiros, apesar das desigualdades, possuem um nível intermediário de sofisticação, no qual a produção de ciência não se traduz em produção de tecnologia, assim como ocorre com o SI brasileiro. Mostram também que esses estados e o Brasil como um todo estão estagnados em termos de produção de C&T quando comparados aos Estados Unidos, não sendo possível identificar, então, um processo de catch up. Os resultados apontam ainda para uma distância dos estados em relação ao nível limiar de produção científica que separa os SIs dos países desenvolvidos dos demais, uma das causas do fenômeno da armadilha da renda média, com a qual nosso país e suas unidades federativas têm sofrido há décadas. Especificamente sobre Minas Gerais, a análise feita pelo trabalho mostra que o estado possui um nível intermediário de produção de C&T por milhão de habitantes quando comparado aos demais, tendo sido ultrapassado por alguns deles nos últimos anos. Foi possível relacionar esse desempenho com a constatada redução do investimento público estadual geral em CT&I e também nos projetos de pesquisa financiados pela Fapemig, uma vez que os resultados dessa pesquisa indicam que ambos caíram consideravelmente ao longo da última década, uma realidade que precisa ser revertida em nome do catching up mineiro e brasileiro.
Abstract: Innovation systems (IS) play a key role in the economic development of the least developed countries, and science and technology production indicators have been used to measure the degree of sophistication and maturity of these systems. The present work has a double objective. First, to analyze comparatively the trajectories of scientific and technological productions in Minas Gerais, other Brazilian federation units and Brazil, as well as to contrast them with those of developed countries, represented by American statistics. Second, to assess the posture of the Minas Gerais state government, in recent years, in relation to the Minas Gerais IS, from the perspective of total public investment in STI and in research projects. The results show that the Brazilian states innovation systems, despite the inequalities, have an intermediate level of sophistication, in which the production of science does not translate into the production of technology, as occurs with the Brazilian IS. They also show that these states and Brazil as a whole are stagnant in terms of S&T production when compared to the United States, so it is not possible to identify, then, a catch up process. The results also point to a distance of the states in relation to the threshold level of scientific production that separates the IS from developed countries from the others, one of the causes of the phenomenon of the middle income trap, with which our country and its federative units have suffered for a decades. Specifically about Minas Gerais, the analysis made by the study shows that the state, when compared to the others, has an intermediate level of S&T production per million inhabitants, having been surpassed by some in recent years. It was possible to relate this performance to the verified reduction of general state public investment in STI and in research projects financed by Fapemig, since the results of this research indicate that both fell considerably over the last decade, a reality that needs to be reversed on behalf of the catching up of Brazil and Minas Gerais.
Notas: Trabalho apresentado ao Curso de Graduação em Administração Pública da Escola de Governo Professor Paulo Neves de Carvalho da Fundação João Pinheiro, como requisito parcial para obtenção do título de Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental.
Publicado apenas online.
Orientadora: Ester Carneiro do Couto Santos
Inclui anexo e apêndice.
Bibliografia: p. 100-107
Extensão: application/pdf
Software requerido: Exigências do sistema: Adobe Acrobat Reader
Aparece na(s) coleção(ções):[39] XXXIX CSAP

Arquivos deste item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
ANA CLARA REZENDE_PDFA.pdf16,81 MBAdobe PDFVer/Abrir
Visualizar estatísticas

Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.